Beatrys Fernandes Rodrigues

Estrategista digital, pesquisadora cultural e roteirista de games. Co-fundadora da zero42, um think-tank que procura aproximar as inovações tecnológicas e pessoas. Hoje ajudo marcas a compreenderem pessoas, contexto e tecnologia. Acabo quebrando algumas coisas pelo caminho. 

painel: O futuro é feminino?

O futurismo vem ganhando notoriedade na área dos negócios como uma disciplina que busca tendências e reflete sobre cenários futuros de forma crítica e calcada em diferentes metodologias. Contudo, é importante considerar que cada futurista possui seu olhar autoral, o que faz com que nos perguntemos se características como o gênero, a etnia, raça, a classe social e outras características demográficas podem ter influência na maneira como o futuro é visualizado e posto em prática. 
O debate conta com a presença de quatro futuristas que tratarão sobre a importância e o diferencial de se ter mulheres trabalhando na área e por que a diversidade é essencial para se pensar o futuro. Para além do viés reflexivo, também abordaremos como é o trabalho de um futurista na prática, suas metodologias e focos.